De onde acessam?

Seguidores

sexta-feira, 1 de maio de 2015

DILMA NO 1º DE MAIO - COMPARTILHEM!



<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/kt3elIvle9Y" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/sFqra2efPnA" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

<iframe width="560" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/DJ58NuRobx0" frameborder="0" allowfullscreen></iframe>

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Massacre no PR: Presidente da Comissão de Direitos Humanos vai ao Paraná

Diante do massacre promovido pela Polícia do Estado do Paraná contra os professores, o Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), foi chamado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e representantes dos manifestantes para ir até a cidade de Curitiba apurar os casos de violência. O parlamentar está nesse momento em deslocamento e chegará à capital paranaense ainda na noite de hoje (29).
O deputado Pimenta informou que já entrou em contato com o gabinete do Governador Beto Richa pedindo providências para que cessem os ataques. Pimenta disse ainda que violações serão denunciadas aos órgãos competentes.
De acordo com informações, há mais de 140 pessoas feridas. Embora garantida pela Constituição Federal, o direito à manifestação dos cidadãos foi combatido pela Polícia com o uso de balas de borracha, bombas e gás lacrimogêneo.  O protesto é contra o projeto de lei que altera as regras de contribuição de aposentadoria dos servidores estaduais.  Mais cedo, a Comissão de Direitos Humanos emitiu nota de repúdio sobre os atos de violência da Polícia Militar do Paraná.
NOTA PÚBLICA
A presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados repudia veementemente o tratamento dado pela Polícia do Paraná aos professores do Estado e manifesta a eles toda solidariedade.
Sem qualquer justificativa plausível, os agentes de segurança pública estão promovendo um ataque, não só com gás, mas com balas de borracha atiradas a esmo, cassetetes e cachorros. Tudo com muita violência, colocando as pessoas em risco de morte.
Os mais de cem feridos até agora, e todos os cidadãos presentes, são vítimas de inúmeras violações de direitos humanos. Não apenas ao direito legítimo de protesto, mas à integridade física e à vida.
A manifestação contra o saque que se pretende efetivar contra a previdência dos servidores é o exercício de um dos mais elementares direitos democráticos. Qualquer decisão tomada hoje pela Assembleia Legislativa manchada de sangue é, além de ilegal e inconstitucional, ilegítima.
Fotos/Arquivo: Agência Câmara
GABINETE DEPUTADO FEDERAL PAULO PIMENTA
Jornalista Responsável: Fabrício Carbonel - Mtb 14.264
Assessoria de Imprensa: 61.8168.1313
Email: imprensa.paulopimenta@gmail.com
Site: http://paulopimenta.com.br/

terça-feira, 14 de abril de 2015

Carta de BH: "Regula a mídia, Já!"

Do site do FNDC:
Com a participação ativa de 682 inscritos, o 2º Encontro Nacional pelo Direito à Comunicação (ENDC) aprovou, na tarde deste domingo (12/4), a Carta de Belo Horizonte. O documento reafirma a luta pela democratização da comunicação como pauta aglutinadora e transversal, além de conclamar as entidades e ativisitas a unirem forças para pressionar o governo a abrir diálogo com a sociecidade sobre a necessidade de regular democraticamente o setor de comunicação do país.
Rosane Bertotti, coordenadora geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), comemorou o resultado do evento, que reuniu ativistas, estudantes, militantes, jornalistas, estudiosos e pesquisadores da comunicação, representantes de entidades e coletivos e autônomos de todo o Brasil. "Nosso encontro mostrou que a luta por uma comunicação democrática, inclusiva, plural está mais ativa e é mais necessária do que nunca. E mais do que isso, que os movimentos estão dispostos a cobrar do governo que paute essa questão a coloque na agenda dos debates estratégicos para o país".

quarta-feira, 1 de abril de 2015

CLOACA NEWS em furo jornalístico: EXCLUSIVO – JUSTIÇA FEDERAL DECRETA PRISÃO DE DIRETORES DO GRUPO RBS



postagem Aqui

Nas primeiras horas desta quarta-feira, em Brasília, o juiz Marco Ioffer Jahr Macieira, da 28ª Vara da Justiça Federal da 1ª Região (DF), expediu mandado de prisão preventiva contra todos os integrantes do Conselho de Administração do Grupo RBS, além dos membros da Diretoria Executiva daquela corporação. Agentes da Polícia Federal já estão voando até a capital gaúcha para cumprir a ordem judicial. A medida cautelar foi solicitada pelo Ministério Público Federal, por meio da Promotoria de Defesa da Ordem Tributária (Pdot).
Os procuradores formularam o pedido baseados nos relatórios consolidados da Operação Zelotes, da Polícia Federal. A ação, realizada no último dia 26, desbaratou um esquema criminoso bilionário que causava o sumiço de débitos tributários, desfalcando os cofres públicos. As fraudes ocorriam no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão da Fazenda onde contribuintes podem contestar administrativamente – ou seja, sem passar pela Justiça – certas tributações aplicadas pela Receita. A força-tarefa descobriu a existência de empresas de consultoria que vendiam serviços de redução ou desaparecimento de débitos fiscais no Carf. Tais consultorias tinham como sócios conselheiros ou ex-conselheiros do Carf. Elas conseguiam controlar o resultado dos julgamentos via pagamento de propinas. O esquema de sonegação seria um dos maiores já desvendados no país, e envolve valores que chegam a R$ 19 bilhões. Segundo a Polícia Federal, já foram comprovados prejuízos de cerca de R$ 6 bilhões. De acordo com a investigação, a RBS teria efetuado o pagamento de R$ 15 milhões para fazer desaparecer um débito de mais de R$ 150 milhões. No total, as investigações apontam que os débitos da RBS com o Fisco chegam a R$ 672 milhões, em valores não corrigidos.
Informado do mandado de prisão, o advogado do Grupo, senador Lasier Martins (PRBS), ainda tentou demover o juiz de sua decisão, prometendo ao magistrado, como recompensa, uma caixa com salames coloniais e uvas premiadas de Caxias do Sul.

A chegada dos agentes federais à sede da RBS, no bairro Azenha, em Porto Alegre, está prevista para as 12h, a tempo de ser noticiada ao vivo no Jornal do Almoço, edição de hoje, 1º de abril.

POSTADO POR CLOACA NEWS

quarta-feira, 25 de março de 2015

1º de abril - Ato contra a Rede Globo

Vem aí: Grande ato pela cassação da concessão da Rede Globo. Quarta, 1º de abril, às 17h, em frente à sede da emissora em todo o Brasil. Apoio do Blog da Dilma: http://www.blogdadilma.com/

segunda-feira, 23 de março de 2015

Deodato critica imprensa e reforma retrógradas

O vereador Deodato Ramalho (PT) fez duras críticas à partidarização da grande mídia, que atua numa campanha aberta pelo impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o que considera, consequentemente, um golpe contra a democracia.  O pronunciamento do parlamentar foi feito durante o pequeno expediente, na tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, desta quarta-feira (18).
Segundo Deodato, historicamente os governos populares e desenvolvimentistas brasileiros, sempre são atacados pela imprensa patronal, por beneficiarem o conjunto da população e não exclusivamente a classe dominante. “Foi assim com Getulio Vargas, com João Goulart, com Juscelino Kubistchek e o Lula. Agora eles querem fazer o mesmo com a presidenta Dilma”, ressaltou.
O vereador lembrou que há notícias de casos de corrupção desde o início da invasão européia, nos anos 1500, mas que após mais de meio milênio de desvios, somente em 2003, no primeiro mandato do presidente Lula, começou um combate eficaz à tais práticas, dando autonomia à Polícia Federal e impedindo o "engavetamento" de investigações.
Contrareforma conservadora
Deodato também discordou das propostas apresentadas pelo PMDB para a reforma política em discussão no Congresso Nacional. Segundo o parlamentar, o financiamento privado das campanhas é uma porta aberta para a corrupção e as propostas apresentadas pela bancada do partido apontam no sentido de uma reforma conservadora, que não atende ao clamor da sociedade.
O conjunto de propostas para a reforma política, apresentado pelo PMDB no dia anterior (17), sugere o fim da reeleição e a manutenção do financiamento privado de campanhas, desde que limitado a um candidato por cargo. O documento também traz como propostas: a adoção do voto distrital puro, com a eleição dos candidatos com mais votos; o fim das coligações nas eleições proporcionais; mandatos de cinco anos para deputados, vereadores e chefes do Executivo (federal, estadual emunicipal) e de dez anos para senadores.
Site Vereador Deodato Ramalho - PT/Fortaleza: http://www.deodato.org.br/noticias/c_texto.asp?id=1010&a=c

sábado, 21 de março de 2015

CAINDO PROS ALTOS

;
Cid Gomes
Por Luiz Edgard Cartaxo de Arruda Junior.
Memorialista, 
Diretor de comunicação do Mova se 
Sindicato dos Servidores Públicos do Ceará.

Impressionante a cara de pau da Rede Globo ontem ao dizer que o Ministro Cid Gomes expos a presidenta Dilma a uma situação vexatória. Como! Que inversão dos fatos... Uma pinoia! Ora bolas, meuszovo que expos.
Afinal é público e notório que quem ficou exposto a vexame foi o presidente da Camara. O ministro não estava no Palácio do Planalto estava na tribuna da Camara Federal.
E foi apontando para o deputado Eduardo Cunha  que disse preferir ser chamado de mal educado por ele (Eduardo Cunha) do que ser rotulado em manchete de Acachador pela Folha de São Paulo, como foi o presidente da Camara, enquanto isso o presidente Eduardo Cunha escondia o rosto com a mão para não ver o dedo em riste do ministro em sua direção nitidamente demonstrando que vestia a carapuça. O ministro disse mais: "que para eles vale:... o quanto pior melhor"... "que criam dificuldades para vender facilidades"..., "que deviam largar o osso". Chamou-os de oportunistas... e vem a Globo dizer que a Presidenta da Republica passa por vexame e tem dor de cabeça com isso. Uma onça! Nem que a vaca tussa.
Achando pouco a Globo manipula as imagens da TV , coloca um deputado chamando  o Ministro de palhaço e dizendo que ele deveria por uma melancia no pescoço.... Sem a manipulação, da Globo usando as imagens com a cronologia real se veria que palhaço com melancia no pescoço era o deputado pois falava para a tribuna vazia. O microfone da tribuna foi desligado pelo Eduardo Cunha, portanto não havia  motivo para a permanecia do Ministro na tribuna, Cid Gomes já tinha saído quando o deputado falava .
Vexame e dor de cabeça teria a presidenta se o Ministro Cid Gomes tivesse negado o que realmente disse e pedido desculpas pelas verdades que disse. As palavras do ministro foram um alivio e  tem a solidariedade de todos com um mínimo de consciência neste país.

Ele caiu pra cima agora pode escolher se vai para o BID como sempre quis. Ou se é promovido aos Banco dos BRICS.

Quem somos nós

Quem somos nós
Um casal a beira de um ataque de nervos

NAVEGAR É PRECISO, VIVER NÃO É PRECISO